Com o auxílio da Guaíba Telecom é possível modernizar a gestão, ampliar o acesso aos serviços públicos e promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio de tecnologias. Muitas áreas podem ser transformadas com as iniciativas da Cidade Digital.

Conheça abaixo mais sobre este serviço, clicando nas área de seu interesse e veja como a tecnologia pode agilizar os serviços dos órgãos públicos na prática.

Ligue Agora

serv_governo1
serv_governo2
  • Gerenciamento do funcionamento das escolas públicas, com controle informatizado e integrado à Secretaria de Educação do Município ou Estado, controlando merenda escolar, frequência de alunos, carga horária de professores, suprimentos, material escolar, etc;
  • Resultados online de testes e provas;
  • Matrículas e reserva de vaga via internet;
  • Integração das escolas a outras instituições de pesquisa e ensino;
  • Laboratórios de informática;
  • Acesso a acervos de livros e documentos históricos;
  • Capacitação dos professores;
  • Redes wireless de alta densidade para ambientes escolares.
  • Gerenciamento dos processos e materiais da rede pública de atendimento, incluindo hospitais e postos de saúde;
  • Marcação de consultas online;
  • Monitoramento da retirada de remédios nos postos de saúde, impedindo que uma mesma pessoa receba o mesmo medicamento em vários postos;
  • Gestão integrada dos centros de assistência à saúde;
  • Interligação com serviços de emergência como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil;
  • Uso de novas tecnologias, tais como videoconferência e telemedicina.
  • Interligação dos sistemas de segurança de prédios públicos, pontos turísticos e outros diretamente com as centrais das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros;
  • Projeto e instalação de Sistemas de Videomonitoramento e Cercamento Eletrônico, através da implantação de câmeras Fixas, Dome PTZ IP e sensores interligadas à Central de Monitoramento (CCO), capaz de auxiliar o controle dos procedimentos, comportamentos e eventos nas áreas eleitas como críticas, empregando tecnologia de análise de conteúdo, possibilitando que uma imagem que não esteja sendo visualizada pelo operador, estará em tempo integral sendo monitorada por eventos e caso exista a ocorrência de requisitos predeterminados, esta será imediatamente disponibilizada na central de monitoramento, de forma automática via algoritmos de inteligência artificial.
  • Controle eficaz e mais rápido sobre pagamentos e inadimplência das pessoas físicas, do comércio e da indústria;
  • Suporte no combate à corrupção e ao contrabando, com a utilização de notas fiscais eletrônicas;
  • Geração mais rápida de cobranças de multas e impostos (IPTU, ISS, ICMS, etc).
  • Ligações via internet e intranet entre órgãos públicos, através da tecnologia de VoIP, reduzindo os custos com telefonia.
  • Divulgação da agenda cultural e esportiva;
  • Possibilidade de compra online de ingressos e reserva de cadeiras;
  • Transmissão via internet, ao vivo, de eventos não-televisionados;
  • Instalação de totens de acesso à internet para turistas;
  • Acesso wireless gratuito em toda a cidade ou em pontos turísticos.
  • Modernização da administração pública, com a integração, através de rede privada, de todos os órgãos diretos e indiretos;
  • Integração das estruturas tributária, financeira e administrativa;
  • Acesso imediato às informações e serviços.
  • Apresentação de fotos em tempo real de pontos turísticos na internet;
  • Inserção de condições climáticas na internet;
  • Instalação de totens de autoatendimento turístico em pontos de interesse; permite a contratação e agendamento prévios de transporte e alimentação nos sítios turísticos;
  • Possibilidade de integração do portal da Secretaria de Turismo, com os sites de hotéis, pousadas e resorts, inclusive com reservas online.
  • Uso de câmeras para monitoramento do tráfego em tempo real, com reflexos imediatos no planejamento.
  • Acesso à internet sem fio para pequenos empresários;
  • Comunicação mais barata com entidades de classe ou empresários de outra cidade/região através da internet ou da telefonia IP;
  • Comunicação mais rápida e barata com outros países, visando exportações;
  • Estímulo a novas atividades econômicas, como e-commerces.
  • Instalação de telecentros;
  • Disseminação de terminais para consultas e reclamações por parte da população;
  • Acesso à internet para as classes sociais menos favorecidas;
  • Produção de conhecimento.